Requerimento do senador Romário

CPI das Apostas aprova pedido para ouvir suposto chefe de esquema de manipulação

Kajuru, à esquerda; e Romário, à direita (imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado)
20-06-2024
Tempo de leitura 1 min

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas do Senado aprovou, na terça-feira, dia 18 de junho, a convocação de William Pereira Rogatto para prestar depoimento na condição de investigado

Ele é apontado como suposto chefe de um esquema de manipulação de resultados no Campeonato Brasiliense (mais conhecido como Candangão) de 2023.

O requerimento pedindo a convocação foi apresentado pelo senador Romário Faria (PL-RJ). “William Rogatto é descrito pelo MPDFT [Ministério Público do Distrito Federal] como alguém que ‘se apresenta como empresário de atletas, mas que tem operado na clandestinidade como manipulador profissional mediante a cooptação de jogadores, a venda de resultados arranjados e a realização de apostas’”, diz um trecho do documento.

Leia também: Representantes da Sportradar e Genius Sports alertam sobre vulnerabilidade do Brasil a manipulações de resultados

No texto, o parlamentar diz ainda que Rogatto “aparece em interceptações de mensagens, mencionando pagamentos a jogadores aliciados, realizando apostas fraudulentas e conversando com interlocutores sobre os lucros obtidos”.

De acordo com o requerimento, Rogatto teria coordenado “durante ao menos quatro anos, um poderoso esquema de manipulação de resultados no futebol com atuação nos estados de São Paulo, Sergipe e Distrito Federal, o que o levou a figurar com destaque em duas das mais importantes operações de investigação conduzidas no Brasil”.

Foi aprovada também a quebra do sigilo bancário, fiscal e telefônico de Rogatto. A data do seu depoimento na CPI ainda não foi oficializada.

Deixe um comentário
Assine nosso boletim
Digite seu e-mail para receber as últimas novidades
Ao inserir seu endereço de e-mail, você concorda com os Condiciones de uso e a Políticas de Privacidade da Yogonet. Você entende que a Yogonet poderá usar seu endereço para enviar atualizações e e-mails de marketing. Use o link de Cancelar inscrição nesses e-mails para cancelar a inscrição a qualquer momento.
Cancelar inscrição